O delegado Gustavo de Castro Sotero foi exonerado do cargo de confiança de delegado plantonista do 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP). O decreto foi publicado na edição desta quarta-feira, 29, no Diário Oficial do Estado (DOE-AM) e tem assinatura do secretário de segurança pública Bosco Saraiva, secretário Sidney Leite, do delegado-geral da Polícia Civil, Mariolino Brito e da secretária de Estado de Administração e Gestão (Sead), Angela Bulbol. 

A decisão tira o policial civil do cargo de confiança que vinha ocupando, mas não o destitui da função de delegado da corporação. Sotero está preso na Delegacia Geral desde o último sábado, 25, quando matou a tiros o advogado Wilson Justo Filho, no Porão do Alemão, zona oeste de Manaus. 

Com informações do A Crítica 

Comentários

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here