Connect with us

Manaus, AM,

BRASIL

Nelson Teich recusa convite para voltar como conselheiro no Ministério da Saúde

Publicado

em

Brasil – O ex-ministro da Saúde Nelson Teich rejeitou o convite para ser conselheiro do Ministério da Saúde, em uma declaração feita no Twitter neste sábado (23). O convite foi feito pelo atual ministro interino da pasta, Eduardo Pazuello.

“Agradeço ao ministro interino Eduardo Pazuello pelo convite para ser Conselheiro do Ministério da Saúde, mas não seria coerente ter deixado o cargo de Ministro da Saúde na semana passada e aceitar a posição de Conselheiro na semana seguinte”, afirmou Teich.

No dia 15 de maio, Nelson Teich pediu demissão do cargo, onde permaneceu por 29 dias. “É o dia mais triste da minha vida. Não vou manchar a minha história por causa da cloroquina”, afirmou na época.

“Quando assumi o MS [Ministério da Saúde], o objetivo era trazer um modelo de gestão mais técnica, que aumentasse a eficiência do Sistema e melhorasse o nível de saúde da sociedade”, declarou.

Enquanto esteve no cargo, Teich enfrentou divergências com o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), que defendia mudanças no protocolo do uso da hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com Covid-19. O ministro foi contra a decisão, pelo fato do medicamento não ter a sua eficácia cientificamente comprovada.

“Desejo ao Ministro Interino Eduardo Pazuello todo o sucesso na condução do Ministério da Saúde e estou à disposição para que a transição aconteça da melhor forma possível”, concluiu.

Mais Lidas