Foto: Bruno Zanardo

Manaus – A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) vai cadastrar os carregadores de mercadorias que atuam na região da Manaus Moderna, no Centro, zona sul da capital. Na manhã deste sábado (9/12), após denúncias de tráfico de drogas, roubos e furtos, uma operação foi realizada na área. Nove pessoas foram detidas para esclarecimentos, uma delas possuía um guia de recolhimento prisional em aberto.

De acordo com as denúncias feitas à SSP-AM, supostos carregadores do porto da Manaus Moderna estariam ameaçando e até extraviando mercadorias e pertences de clientes que não aceitam os valores cobrados pelo serviço. Houve denúncias, ainda, de furtos a veículos, pedestres e atos de baderna e prática de tráfico de drogas. Não houve prisões em flagrante. Das nove pessoas detidas para esclarecimentos, todas já tinham passagem pelo sistema prisional por crimes como homicídio, roubo a mão armada e tráfico de entorpecentes.

Além de intensificar o policiamento na região da orla do Centro, haverá um cadastro de quem trabalha carregando mercadorias no lugar, além de ações educativas para o combate às drogas e aconselhamento para tratamento de dependência química.

Na próxima segunda-feira (11/12), a Secretaria Executiva-Adjunta de Operações (Seaop) e o Departamento de Prevenção às Drogas da SSP-AM devem se reunir para traçar o plano de atuação para a área. A expectativa é fortalecer a parte repressiva e preventiva na região da Manaus Moderna, Feira da Banana, Igreja dos Remédios e porto.

Conforme o delegado Divanilson Cavalcanti, coordenador do Departamento de Prevenção às Drogas, a Secretaria de Segurança vai contatar cooperativas, conselhos comunitários de segurança e instituições sociais para trabalhar na prevenção às drogas e à dependência química na Manaus Moderna. 

Comentários

Comentários