Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Manaus – O prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto se manifestou em seu perfil pessoal no Twitter nesta terça-feira, 26, sobre o pedido do Ministro da Educação (MEC) que enviou um e-mail para as escolas do país pedindo que os alunos cantem o hino nacional e leiam slogan da campanha do presidente Jair Bolsonaro.

O e-mail pede ainda que o momento seja gravado em vídeo e enviado ao governo. Arthur afirmou que não obrigará os alunos da rede municipal a cantarem o hino nas escolas “Isso não é patriotismo. É uma patriotada! Vamos manter nossas crianças focadas no ensino. Em melhorar nossa educação cada vez mais” disse o prefeito.

Em outro post, o prefeito afirma que “Não usaremos nas escolas a reprodução de slogans de campanha eleitoral deste ou de qualquer outro governo” reiterou.

Por fim, Arthur diz que o pedido “é uma interferência indevida e despropositada dos rumos que nossa educação municipal segue e que Manaus não adotará” finalizou.

Veja a thread dos posts do prefeito:

Comentários

Comentários