Manaus – A Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovou na manhã de terça-feira (9/4) o Projeto de Lei (PL) Nº 226/2018 que institui a pipa, também conhecida como papagaio em algumas regiões, como patrimônio histórico, cultural e imaterial da Cidade de Manaus. A proposta foi aprovada em plenário e enviada para a sanção do prefeito.

O projeto é de autoria do vereador Professor Samuel, vice-presidente da Comissão de Educação da Casa Legislativa. O parlamentar considera a pipa um esporte que tem alçado gerações de todas as idades no mundo e principalmente na cidade de Manaus e tem integrado famílias e amigos de diversas localidades.

“Além de valorizar a história e a tradição da brincadeira de pipa, esse projeto também pretende reconhecer, o uso dessa autêntica tradição familiar, como instrumento de aproximação entre amigos e familiares, garantindo e preservando a segurança das crianças e de todos”, explicou Samuel.

Tramitação

Ainda em votação o plenário da Câmara votou e encaminhou para 2ª discussão o PL 181/2018, também de autoria do vereador Professor Samuel. Em seu Artigo 1º institui no calendário de Eventos do Município de Manaus o Dia da Reforma Protestante a ser comemorado anualmente em 31 de outubro.

Comentários

Comentários