Uma menina de três anos, Gianna Masciantonio, que foi fotografada, recebendo um beijo do papa em Francisco em Filadélfia (EUA), em 2015, conseguiu recuperar totalmente de um tumor no cérebro.

A criança conheceu o papa quando tinha um ano, quando estava acompanhada de sua família. Ela havia sido diagnosticada com um tumor cerebral fatal, mas acabou por resistir totalmente à doença, três anos depois.

Segundo informações, em 2015, os pais já planejavam o funeral da filha quando os médicos disseram que a menina não vivia mais do que algumas semanas.

“A vida da Gianna é um milagre. O papa Francisco a beijá-la é a forma de Deus mostrar que esteve connosco nesta jornada e está a escutar as nossas orações”, disse Joey Masciantonio, pai da criança
Após esse momento, os pais de Gianna, fundaram uma instituição de caridade para arrecadar dinheiro para ajudar outras crianças com tumores cerebrais.

Com informações do CMJornal

Comentários

Comentários