Manaus|AM – Uma mulher identificada como Ana Cristina Pereira Pinheiro, de 22 anos, que acusou o motorista do aplicativo Uber, Lucas Constantino, de agressão e roubo, através de uma publicação em seu perfil pessoal no Facebook no último domingo, 02/12, removeu as publicações de acusação contra o motorista, voltou atrás e fez um vídeo na noite desta segunda-feira, 03/12, onde explica que se confundiu, que era outra pessoa, por causa da repercussão midiática de sua publicação pediu desculpas. 

Ana enviou para o WhatsApp do Amazonas News dois áudios onde relatou o ocorrido, print da corrida e boletim de ocorrência, além de fotos da suposta agressão.

A redação entrou em contato com o motorista do aplicativo e o mesmo não quis se pronunciar, um parente dele disse que iria se pronunciar oficialmente no desfecho dessa história. 

Ouça os áudios:

A publicação viralizou, tendo mais de 2.000 compartilhamentos.

Veja a publicação original que foi removida

Veja o vídeo onde ela pede desculpa pela publicação.

 

Comentários

Comentários