Manaus – Com enredo “Não queremos aceitação, queremos respeito, se quer falar de cura? Cure seu preconceito” a escola de samba Primos da Ilha desfilou no Grupo Especial na noite de sábado, 2, no Centro de Convenções Sambódromo, em Manaus.

 A escola do bairro de São Francisco, da Zona Sul, voltou ao seleto grupo especial das escolas de samba de Manaus e abriu o desfile apostando no enredo de combate e clamor contra a homofobia e a discriminação em suas mais diferentes formas.

A Rainha de Bateria Keise Rosa é casada em união estável com a instrutora de auto-escola e membro da harmonia da escola de samba Neida Correia.


A comissão de azul e branco representa “A Cura Gay” em que sete médicos tentam fazer com que sete drag queens tornem-se heterossexuais. Durante toda a encenação, um ser imaginário, um duende, luta pelas drag queens representando a esperança do arco-íris.

Ficha técnica

Escola: Primos da Ilha

Enredo: “Não queremos aceitação, queremos respeito! Se quer falar de cura, cure o seu preconceito!”

Fundação: 21 de março de 1990

Componente: 2.300

Entrada na avenida: 20h50

Com informações do Portal Acrítica

Comentários

Comentários