Manaus|AM – Estudantes de várias universidades de Manaus, entre elas Uninassau, Unip, Fametro  e Uninorte , acusam os irmãos Diogo e Rodrigo Soares Aguilar, proprietários do cerimonial Carlitos Formatura, de ter fugido da cidade com o dinheiro dos formandos. A denúncia de suposto golpe já está nas redes sociais. Muitos alunos reclamam que ficaram sem formatura, chegaram a comparecer na sede da empresa, na rua Carlos Lacerda (antiga Pará), bairro Adrianópolis, zona centro-sul da capital, e encontraram o local saqueado, na manhã desta segunda-feira, 16/04.

Em vários perfis pessoais de vítimas no Facebook, as reclamações se multiplicam. “Pessoal, houve um golpe agora em 08 turmas de várias faculdades, os caras já fugiram e no final de semana tirou tudo da empresa, o pessoal já foi fazer ocorrência na delegacia!”, diz um dos posts.

Cada formando pagou à empresa, parceladamente, de R$ 4 mil a R$ 5 mil. O valor arrecadado pela empresa pelas oito turmas chega a um montante de R$ 1 milhão.

Em nota publicada em sua página no Facebook, no dia 9 de abril, a empresa Carlitos Formaturas afirmou que “devido a recessão econômica que o nosso País vem sofrendo nos últimos anos, o faturamento da empresa sofreu uma queda constante devido as baixas vendas do Setor Comercial principalmente na área de Colação de Grau para a fomentação do caixa circulante. O nosso segmento de eventos vem sofrendo com a dificuldade financeira do nosso consumidor final e com isso o mercado trouxe uma instabilidade financeira/comercial de todos os contratos”.

Além de afirmar que a inadimplência por parte dos clientes teria causado um prejuízo de R$ 4 milhões à empresa, “a direção não está medindo esforços para que tudo seja resolvido o mais breve possível e irá comunicar a todos os seus clientes os futuros acontecimentos”.

Até o fechamento dessa matéria a redação do Amazonas News contactou os proprietários da Carlitos Formatura, mas não obteve resposta. Os formandos fizeram Boletim de Ocorrência (B.O) por estelionato.

 

 

 

Comentários

Comentários