Manaus – Suportando os primeiros dias de prisão preventiva, o ex-governador José Melo (PROS) foi vítima de um boato no início da noite de hoje, 05/01, que estaria sem se alimentar na cadeia há cinco dias.

Um carcereiro que não quis se identificar afirmou que Melo disse “Estou sendo tratado como bandido”, e que tem reclamado constantemente da comida da prisão, uma das queixas, por exemplo, aconteceu depois de Melo ter recebido sua marmita de isopor com arroz, feijão, picadinho, purê e farofa, ex-governador disse que não iria comer “aquilo”, disse o carcereiro.

O advogado disse que Melo está abatido e injuriado e que vai recorrer ao primeiro Tribunal Regional Federal em Brasília. Ele comentou que não há nada que ligue o ex-governador a esse tipo de conduta que está sendo investigado na Operação Maus Caminhos.

Comentários

Comentários