Segundo a revista Rolling Stone, a família do DJ sueco Tim Bergling, mais conhecido como Avicii, confirmou que ele deixou uma carta de despedida e cometeu suicídio. O produtor musical foi encontrado morto em Mascate, Oman, no dia 20 de abril. Ele tinha apenas 28 anos.

Avicii é responsável por músicas como “Hey Brother” e “Wake Me Up”, e chegou a ser considerado um dos maiores DJs do mundo.

“Nosso amado Tim era uma alma artística frágil que procurava respostas para questões existenciais. Era também um perfeccionista que viajou e trabalhou mais do que todos, em um ritmo que o deixou extremamente estressado”, diz o anuncio.

“Quando ele parou de fazer turnês, queria achar equilíbrio na vida para ser feliz e ser capaz de fazer o que ele mais amava – música. Ele realmente lutou com pensamentos sobre a vida, felicidade e o que isso tudo significa. Ele não conseguiu ir em frente, ele queria paz.”
“Tim não foi feito para a industria de máquinas que ele se encontrava; ele era um cara sensível que amava seus fãs mas tentava evitar ser o foco das atenções. Tim será amado para sempre e sentiremos sua falta. A pessoa que você era e a sua música vai mantê-lo vivo”, finaliza.

Comentários

Comentários