O 61º festival Folclórico do Amazonas previsto para começar nesta sexta-feira (28), foi adiado para o dia 4 de agosto. A nova data do festival atende a solicitações de grupos e associações folclóricas que receberam o aporte financeiro da Prefeitura de Manaus nesta quarta-feira( 26), e quinta-feira (27), e informaram a necessidade de um prazo maior para concluírem a organização de suas apresentações.

“O apoio que recebemos da Prefeitura de Manaus é fundamental para execução com qualidade do nosso trabalho. Contribui para mantermos nossa tradição e o brilho do nosso festival. Não podemos levar para o público de Manaus uma apresentação incompleta e que comprometa o nosso profissionalismo. Vamos levar para a Ponta Negra apresentações grandiosas e divertidas, como todo festival tem que ter”, afirmou o tesoureiro da Liga Independente dos Grupos Folclóricos de Manaus (LIGFM), José de Arimatéia.

O festival segue com a programação já definida anteriormente, com os grupos se apresentando na mesma ordem estabelecida. Promovido pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Evento (Manauscult), o 61º Festival Folclórico do Amazonas terá apresentação dos grupos folclóricos da Categoria Bronze e Prata, contará ainda com o show da Banda Carrapicho na abertura, além da participação especial das Cirandas de Manacapuru.

 

Turismo e Gastronomia

Pela primeira vez, o Festival Folclórico do Amazonas, o mais antigo da Região Norte e o maior em termos de grupos, será realizado na Ponta Negra, um dos principais cartões-postais da cidade, identificando-o como produto turístico regional.

O evento terá ainda uma feira gastronômica com 30 barracas de comidas típicas, executadas por renomados chefs da cidade, a preços populares, além de dez food bikes e brincadeiras como tiro ao alvo e pescaria.

A programação completa está disponível no portal Viva Manaus, pelo link www.vivamanaus.com.

Comentários

Comentários