Manaus – Acompanhado do vice-governador eleito, Carlos Alberto Almeida Filho, o governador eleito Wilson Lima visitou, na manhã desta segunda-feira (5), o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE) e foi recebido pelos sete conselheiros do TCE e pelo procurador-geral do Ministério Público de Contas, João Barroso Almeida, que estava com o procurador de Contas Carlos Alberto Almeida.

Focado na transição e conhecedor da importância do TCE no processo, em virtude da Resolução nº 011/2016-TCE-AM, que trata especificamente do assunto, o governador eleito pediu o apoio do colegiado para a questão e reafirmou a importância órgão na transição e em toda sua administração.

“Viemos ao TCE conversar com a presidente e os conselheiros, para abrir esse canal de diálogo, entendendo a importância deste órgão durante todo o nosso governo e, em especial, neste processo de transição, para a garantia de que serviços fundamentais, como saúde, educação e segurança pública não parem”, afirmou Wilson Lima.

A presidente do TCE-AM, Yara Lins dos Santos, parabenizou a atitude do governador e vice-governador eleitos de virem ao TCE, como parte da agenda oficial, após a eleição. “Vemos como positiva a presença do novo o governador eleito e do vice aqui na Corte de Contas. O TCE vai orientar no que for possível, dentro da legalidade, para que se faça uma transição harmoniosa e dentro da lei”, comentou, ao destacar que o Tribunal de Contas, por meio das Comissão das Contas do Governador, está acompanhando todo o processo.

Além da conselheira Yara Lins dos Santos, participaram da reunião na presidência com o novo governador os conselheiros Mario de Mello, Julio Cabral, Erico Desterro, Josué Filho, Júlio Pinheiro e Ari Moutinho Júnior.

Após a reunião na presidência, Wilson Lima e Carlos Alberto Almeida Filho reuniram-se com os procuradores de contas na sede do MPC e depois, com a condução do coordenador-geral da ECP, conselheiro Ari Moutinho Júnior, conheceram as instalações da Escola de Contas Públicas.

Comentários

Comentários