Rosely Raul, de 53 anos, foi presa, na noite de sexta-feira, 09/03, em flagrante acusada de arrancar o dedo anelar de Rui Almeida Silva, 59, durante uma discussão na recepção de um hotel em Praia Grande, litoral de São Paulo.

Rosely e Raul estavam de férias na cidade, se desentenderam no quarto do hotel e começaram a discutir bem alto. Os hospedes disseram que os gritos da discussão puderam ser ouvidos nos corredores do hotel.

Um funcionário foi até o quarto deles para tentar amenizar a confusão e conseguiu convencer os dois a descerem até a recepção para uma conversa. No local, o casal continuou a briga e, o homem teria levantado a mão para a namorada e neste momento ela mordeu o seu dedo anelar. A mordida foi tão forte que a mulher arrancou o dedo da mão esquerda do namorado.

A polícia foi acionada e a mulher foi presa em flagrante por lesão gravíssima. Rui foi levado para o Hospital Irmã Dulce onde foi medicado e, em seguida, liberado.

A acusada da agressão contou a polícia que o seu namorado havia lhe dado um tapa no rosto ainda no quarto do hotel, mas ele negou ter batido na mulher.

Comentários

Comentários