Segundo os portais Voice of Manchester (Reino Unido) e Omsk Herald (Rússia), diversos documentos vazados do FSB, o Serviço Federal de Inteligência da Rússia, revelam que um vidente identificado como Igor Baranov é consultor de todos os governantes russos desde 1967, em plena Guerra Fria com os EUA. Os documentos apontam que, ao contrário do que se acreditava, a Rússia jamais abandonou a pesquisa dos chamados fenômenos de PES (percepção extra-sensorial), com finalidades militares.

Os cientistas russos estavam especialmente interessados na “visão remota”, que permite a certos indivíduos observar o que acontece a milhares de quilômetros. Nos papeis vazados esta semana, aparecem desenhos de bases americanas espalhadas pelo mundo, que teriam sido feitos a partir das visões dos paranormais testados num laboratório secreto em Leningrado. Também foram feitas experiências de “telecinese” (mover objetos à distância) e “vidência” (ver acontecimentos futuros).

Do lote de documentos vazados, o mais recente, de abril de 2017, se refere ao resultado da Copa do Mundo na Rússia, que começará em junho deste ano. O Brasil será campeão, derrotando a Alemanha.  As duas equipes personagens do histórico 7 a 1 serão seguidas por Camarões e da própria Rússia, que ficará com o quarto lugar em casa. Segundo a previsão, o capitão da seleção brasileira vai perder um pênalti na final, contra a Alemanha.

Esse lote específico dos documentos é o que mais chamou a atenção dos especialistas: desde 1978, Baranov, o novo Rasputin, acertou os resultados de todas as Copas do Mundo e previu ainda:

Copa do Mundo de 1978, Argentina: o vidente previu que seria a primeira vez na História em que um time africano venceria uma partida numa Copa. (Naquela ocasião, a Tunísia derrotou o México por 3 a 1.)

Copa do Mundo de 1982, Espanha: O vidente previu que aconteceria a maior goleada de todas as Copas. (A Hungria venceu El Salvador por 12 a 0.)

Copa do Mundo de 1986, México: o vidente previu que um craque sul-americano entraria no segundo tempo de um jogo das quartas de final e desperdiçaria um pênalti. (No jogo Brasil x França, Zico entrou na segunda etapa e bate um pênalti defendido pelo goleiro francês goleiro francês Joël Bats. O Brasil saiu da Copa.)

Copa do Mundo de 1990, Itália: o vidente previu que o artilheiro da Copa seria um italiano e faria 6 gols. (O italiano Salvatore Schilacci, o Totó Schilacci, foi o goleador da Copa com exatos 6 gols.)

Copa do Mundo de 1994, EUA: o vidente previu que um grande ídolo seria punido no exame antidoping. (Diego Armando Maradona acabou deixando o Mundial depois que o exame antidoping mostrou uso de substância proibida na goleada da Argentina por 4 a 0 sobre a Grécia. )

Copa do Mundo de 1998, França: o vidente previu que um jogador importante teria um problema de saúde sério horas antes no jogo final. (Foi naquela Copa que Ronaldo Fenômeno sofreu uma convulsão quatro horas antes da final contra a França. Ronaldo entrou em campo mesmo assim.)

Copa do Mundo de 2002, Japão/Coreia do Sul: o vidente previu que ocorreria o gol mais rápido de todas as Copas. (Na partida Turquia x Coreia do Sul, o turco Hakan Sukur marcou um gole aos 11 segundos de jogo.)

Copa do Mundo de 2006, Alemanha: o vidente previu que, na final da Copa, o juiz expulsaria o maior ídolo de um dos times. (A disputa do título foi entre Itália e França. Aos 5 minutos do segundo tempo da prorrogação, o craque francês Zinedine Zidane foi expulso.)

Copa do Mundo de 2010, África do Sul: meses antes da escolha da sede da Copa, o vidente previu que a Fifa elegeria um país africano para sediar a competição. (Deu África do Sul.)

Copa do Mundo de 2014, Brasil: o vidente previu que o Brasil passaria um grande vexame na competição. (Na semifinal, em Belo Horizonte, a seleção brasileira levou uma goleada de 7 a 1 da Alemanha.)

Fonte: Gazeta Rio 

Comentários

Comentários