Manaus – O cabo Grasiano Monteiro Negreiros, 36, e o sargento Edzandro Santos Lousada, 40, foram velados na tarde de sábado, 5. O tenente Joselito Pessoa Anselmo é acusado de matar os policiais militares durante uma discussão dentro de um veículo na madrugada de sábado.

Edzandro foi velado na funerária São Francisco, bairro Cachoeirinha, zona Sul. O enterro dele aconteceu por volta de 9h da manhã deste domingo (6) no cemitério Parque Tarumã. Ele deixou a esposa e uma filha de 12 anos.

O velório de Grasiano aconteceu na Igreja Evangélica Assembléia de Deus, bairro Coroado, zona Leste. O borracheiro Robson Almeida Rodrigues, 25, que também foi ferido, esteve no velório. O enterro está previsto para às 15h deste domingo também no cemitério Parque Tarumã. O cabo da PM deixa a esposa e três filhos de 10 anos, 3 anos e 9 meses.

Comentários

Comentários