Um caso gerou enorme comoção em um país com baixos índices de violência. A polícia japonesa prendeu um japonês após nove corpos mutilados serem encontrados nesta terça-feira (31) dentro de seu apartamento na cidade de Zama, localizada ao sul de Tokyo.

Os cadáveres foram encontrados dentro de caixas de isopor após os vizinhos sentirem um forte odor vindo de dentro do imóvel do criminoso.

Vizinhos denunciaram a polícia por desconfiarem de um forte cheiro vinha do apartamento do suspeito. Uma testemunha disse que era um tipo de cheiro que nunca tinha sentido antes.

De acordo com um jornal local, quando os policiais entraram no apartamento, eles encontraram um ventilador ligado dentro do banheiro para evitar que o cheiro se espalhasse. O criminoso reconheceu que escondia os corpos para “destruir evidências”.

A polícia já providenciou a realização dos exames de DNA para identificar o restante das vítimas.

Comentários

Comentários