O Tribunal Regional Federal da 1ª Região, concedeu nesta terça-feira, 17/04, prisão domiciliar ao ex-governador José Melo e da ex-primeira dama, Edilene Melo – presos no dia 26 de dezembro do ano passado.

O TRF substituiu a prisão por outros medidas cautelares. José Melo e Edilene Melo deverão deixar a prisão ainda hoje.

A decisão determina que o casal permaneça em casa, proibido de utilizar telefones ou de ter contato com outros investigados, além de usar tornozeleira eletrônica.

Mais informações em instantes

Comentários

Comentários