Com o aumento no preço das botijas de gás de 13 quilos, anunciado nesta semana pela Petrobras, o valor do gás no Amazonas pode chegar até R$ 85, segundo a Federação das Empresas Revendedoras de Gás Liquefeito do Amazonas (Fegás).

A Fegás informou, ainda, que em Manaus o valor deve ficar entre R$ 75 e R$ 78.

De acordo com a Petrobras, na média nacional, o preço de venda nas refinarias da companhia, sem tributos, será equivalente a R$ 25,07. Desde janeiro, quando passou a ter reajustes trimestrais, a alta acumulada do produto é de R$ 0,69 ou 2,8%.

Conforme a Petrobras, “o objetivo da metodologia é suavizar os impactos derivados da transferência da volatilidade externa para os preços domésticos”. A estatal informou que o mecanismo leva em consideração a necessidade de praticar preços para o produto com referência no mercado internacional e a Resolução 4/2005 do Conselho Nacional de Política Energética.

A resolução “reconhece como de interesse para a política energética nacional a comercialização, por produtor ou importador, de gás liquefeito de petróleo (GLP), destinado exclusivamente a uso doméstico em recipientes transportáveis de capacidade de até 13kg, a preços diferenciados e inferiores aos praticados para os demais usos ou acondicionados em recipientes de outras capacidades”.

Fonte: Portal Toda Hora 

Comentários

Comentários